Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia

Contribuição da cirurgia de alta freqüência no diagnóstico de neoplasia intra-epitelial escamosa de alto grau no colo uterino

Luiz Sérgio Nogueira Pinto

Orientadora: Dra. Elsa Aida Gay de Pereyra

PINTO, LSN. Contribuição da cirurgia de alta freqüência no diagnóstico de neoplasia intra-epitelial escamosa de alto grau no colo uterino. São Paulo, 2001. 146p. Tese (doutorado) – Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo.

Cirurgia de alta freqüência (CAF) é eletroconização do colo uterino sob anestesia local realizada ambulatorialmente. Para neoplasia intra-epitelial cervical escamosa de alto grau diagnosticada por biópsia, analisou-se associações entre métodos propedêuticos como citologia oncológica, colposcopia e biópsia com espécime obtido por CAF; comparou-se os resultados desta última com diagnóstico por cirurgia posterior (conização clássica, histerectomia e cirurgia WERTHEIM-MEIGS). CAF identificou 8 casos de doença invasiva não diagnosticados por biópsia prévia. Conclui-se que é método diagnóstico importante.