Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia

Category

Resumo de Artigos
Todas as neoplasias de alto grau vulvares estão associadas à infecção por HPV? Veja aqui a resposta em slides com o resumo aula apresentada pela Profª Dra. Sophie Derchain no Cervicolp 2018, realizado no interior de São Paulo no início de maio. Para baixar os slides em PowerPoint, CLIQUE AQUI.
Read More
Foi recentemente publicado, no International Journal of Cancer, o roteiro elaborado pelo EUROGIN. Esse grupo apresenta nessa publicação, estratégias de triagem das mulheres positivas para HPV em programas de rastreamento do câncer cervical. O exame de câncer cervical dependerá, cada vez mais, do teste de HPV como rastreio primário. O requisito para testes de triagem,...
Read More
Tebes S, Cardosi R, Hoffman M. Paget’s disease of the vulva. Am J Obstet Gynecol 2002 Aug;187(2):281-3; discussion 283-4. A doença de Paget foi originalmente descrita como lesão de mama associada a adenocarcinoma ductal invasivo. Foi posteriormente classificada de acordo com a localização no corpo como doença mamária ou extramamária. A doença de Paget da...
Read More
Wheeler, c.m . Preventive vaccines for cervical cancer. Salud Publica Mex , v.39, p.283-7, 1997. O câncer cervical representa uma das primeiras causas de morte em mulheres em todo o mundo, especialmente nos países em desenvolvimento. Em alguns países, implementação de programas de rastreamento baseados na colpocitologia oncótica tem resultado em significante redução na incidência...
Read More
por Dra Cíntia Parellada Paris, Cité des Sciences et de L´Industrie 13-16 de abril Vacinas A maioria das vacinas contém VLPs (partículas semelhantes ao vírus) que podem ser produzidas a partir de fungos. Estas não têm potencial infeccioso nem oncogênico. Após aplicação da vacina, a imunoglobulina G (Ig G) é intensamente exsudada no muco cervical....
Read More
Massad LS, Evans CT, Minkoff H, et al. Natural history of grade 1 cervical intraepithelial neoplasia in women with human immunodeficiency virus. Obstet Gynecol 2004; 104(5):1077-85. O objetivo deste estudo foi estimar as taxas de progressão e regressão da neoplasia intra-epitelial cervical grau 1 (NIC 1) entre as mulheres com o vírus da imunodeficiência humana...
Read More
Massad LS, Collins YC, Cejtin HE. Histologic findings after a colposcopic biopsy showing CIN2. Journal of Lower Genital Tract Disease 2002, 6:23-6. Através de estudo retrospectivo, avaliou-se 119 mulheres com resultado de biópsia dirigida pela colposcopia neoplasia intra-epitelial cervical escamosa grau 2 (NIC2). A média etária das mulheres foi de 33 anos e procedimentos adicionais...
Read More
(Infecção pelo HPV) PAPILOMAVÍRUS HUMANO DO TRATO GENITAL FEMININO: PREVALÊNCIA EM MULHERES QUE PROCURARAM UM CENTRO PARA DETECÇÃO PRECOCE DE CÂNCER Bianco V, Tassan Simonat P, Murina F, Valente I. Human papillomavirus of the female genital tract: prevalence in women attending a centre for early cancer detection. Minerva Ginecol 2004; 56(5):391-9. Os autores estudaram a...
Read More
Adam E, Berkova Z, Daxneova Z, et al. Am. J. Obstet. Gynecol. 2000, 1:;239-247. Objetivo: Este estudo foi realizado para avaliar a associação entre a detecção de tipos de alto risco do papilomavírus humano (HPV) e várias características demográficas e comportamentais e posteriormente relacionar esta associação aos achados histopatológicos cervicais. Desenho do Estudo: Um total...
Read More
Wright,T.C.; Ellerbrock, T.V.; Chiasson, M.A.; Devanter, N.V.; Sun, X.W. Obstet. Gynecol. 1994, 84:4 (1), 591-7 OBJETIVO: Definir a prevalência da neoplasia intra-epitelial cervical (NIC), a validade da citologia e associação entre a NIC e os fatores de risco para a doença cervical em mulheres HIV+. MÉTODOS: Foram estudadas 398 mulheres HIV+ e 357 HIV- de...
Read More
1 2 3

Rua Alameda Santos, 1343 • Conj. 612
Cerqueira César • São Paulo, SP
CEP 01419-001
Fone: (11) 3283-4121