Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia

Estágios em PTGI

Cursos e Estágios em Genitoscopia

Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia

Todos os cursos e estágios listados são direcionados a profissionais médicos registrados no Conselho Regional de Medicina, podendo ser exigidos outros pré-requisitos como residência médica concluída. Aqui estão disponibilizados os estágios existentes dentro do Estado de São Paulo. Caso tenha interesse em estágios em outros estados, consulte o www.colposcopia.org.br.

 

São Paulo

FACULDADE DE MEDICINA DO ABC

Estágio de Complementação Especialização em Obstetrícia e Ginecologia na Área de Atuação de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia

Número de vagas: 04 (quatro)
Duração: 1 (um) ano
Carga Horária semanal: 8h / sem

Locais de atuação:

  • CAISM SBC
  • HMU
  • FMABC

O edital está disponível no site da Faculdade de Medicina do ABC (www.fmabc.br).
Informações com Ingrid Pâmela da Silva Galera – Secretária do Depto. de Obstetrícia e Ginecologia no fone: (11) 4993-7227 e cel: (11) 9856-0682.

E-mail: secretaria.go@fmabc.br

 

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DE SÃO PAULO

O Hospital tem estágio na área de Colposcopia na classificação de Médico e Observador. Aulas práticas. Contato na Pós Graduação, tel (11) 3069-7838.

O interessado determina o período: 1 mês = visitante – 1 ano = Observador. As inscrições são feitas pessoalmente com 2 fotos, xerox do Diploma e xerox do CRM, das 7:00 às 16 horas, devendo agendar antes.

 

SANTA CASA DE SÃO PAULO

O estágio é de 1 ano 3 x por semana, na parte da tarde. Na inscrição é paga uma taxa, e o candidato passa por uma entrevista com o médico responsável da área. Para maiores detalhes, ligar para o COREMI – (11) 2176-7000 – ramal 5627.

 

UNIFESP

O estágio tem a duração de 6 meses, todos os dias à tarde, a partir das 13h. Uma vez por semana pela manhã, há ambulatório e também reunião de departamento (+-24 h/semana).

Informações no site da PROEX (www.unifesp.br)
Duração: 45h (segunda a sexta)
Informações: (11) 5579-0112 / (11) 5579-3321 Julisa

 

UNICAMP – Departamento de Tocoginecologia da Faculdade de Ciências Médicas

Local: Hospital da Mulher-CAISM – UNICAMP
Duração: 2 anos
Carga horaria: cinco a seis períodos semanais (variando com o estágio). Os demais períodos são livres e o profissional, obviamente, pode exercer atividades remuneradas em paralelo.
O curso é gratuito e não remunera o profissional.

Perspectivas: Em concomitância ou em sequência a este curso de especialização, é possível ingresso ao curso de Pós-graduação, submetendo-se ao processo seletivo específico para tal fim.
Informações: Sra. Regina – telefone (19) 3521-9305 ou (19) 99521-9424.
Prof. Luiz C. Zeferino, pelo email: luiz.zeferino@gmail.com

Sobre o curso

  • Sigla: FCM-0195
  • Unidade: FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS da UNICAMP
  • Ementa: Diagnóstico, estadiamento e tratamento de mulheres com câncer do ovário, endométrio, colo de útero, vulva. Exames pré-operatórios, conduta intra-operatório e técnicas cirúrgicas, complicações intra-operatórias e pós-operatórias. Acompanhamento e tratamento adjuvante e neoadjuvante. Seguimento. Incluiu diagnóstico e tratamento das mulheres com lesões precursoras do colo do útero
  • Tipo do curso: ESPECIALIZAÇÃO
  • Público-alvo: Médicos com residência médica em Tocoginecologia de no mínimo três anos, realizado em Instituição reconhecida pelo MEC, formados há pelo menos três anos
  • Professor(a) responsável: Joana Froes Braganca Bastos
  • Professor(es) do curso: Adriana Yoshida, Giuliano Mendes Duarte, Joana Froes Braganca Bastos, Jose Carlos Campos Torres, Julio Cesar Teixeira, Luis Felipe Trincas Assad Sallum, Luis Otavio Zanatta Sarian, Luiz Carlos Teixeira, Luiz Carlos Zeferino, Maria Carolina Szymanski de Toledo, Ricardo Beduschi, Sophie Francoise Mauricette Derchain, Wilson Sergio Cassin.

 

RIBEIRÃO PRETO

FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA USP – FMRPUSP

SETOR DE MOLÉSTIAS INFECTOCONTAGIOSAS EM GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA – SEMIGO

Coordenação: Silvana Maria Quintana
Público alvo: Médicos ginecologistas e obstetras
Modalidade: Estágio de observação
Duração: 3 a 6 meses
Informações: Sra. Ilsa no telefone (16) 3602-2804 ou através do e mail: quintana@fmrp.usp.br.

Descrição das atividades:

1. Ambulatório de Moléstias Infectocontagiosas em Obstetrícia – AMIGO (2ª feira tarde): Atendimento de gestantes com alterações citológicas, lesões vulvares, portadoras do HIV, pós-vitimização sexual

2. Ambulatório de Moléstias Infecto-contagiosas em Ginecologia – AMIG (3ª feira manhã):

  • Realização de genitoscopia de mulheres portadoras do HIV, avaliação de alterações citológicas, lesões vulvares, assistência às mulheres vítimas de violência sexual, assistência às crianças com lesões vulvares e com suspeita de abuso sexual
  • Realização de tratamento excisional (excisão da zona de transformação ou conização com cirurgia por ondas de radiofrequência

3. Ambulatório de tratamento destrutivo de lesões HPV induzidas com LASER CO2, rejuvenescimento vulvovaginal com FRAXX

4. Ambulatórios de IST mulher (4ª feira à tarde e 6ª feira manhã – CSE-Cuiabá)

  • Colposcopias de mulheres HIV+, alterações citológicas, lesões vulvares
  • Doença inflamatória pélvica

5. Reuniões científicas

  • 2ª feira as 7h e 30 minutos: reunião semanal do DGO – 8º andar
  • AMIG: discussão de citologia e genitoscopia
  • 3ª feira as 18h e 30 minutos: discussão de casos cínicos de gestantes acompanhadas no ambulatório